NARRATIVA_



01_ UMA VISÃO DO NOSSO TEMPO_ Uma experiência imersiva vai provocar um choque de realidade na platéia evidenciando o tempo presente;

02_ UM TEMPO PARA NOVAS PERGUNTAS_ Um personagem surgirá nas telas conectando esta realidade a futuros possíveis, evidenciando o protagonismo de cada um deve ter na construção de um novo tempo;

03_ ONDE ESTARÃO AS RESPOSTAS?_ Uma primeira idéia de diversidade é enfatizada pela transformação deste personagem em outros, criando um jogral nas imagens;

04_ NOMES E CORES_ A noção de diversidade é experienciada por uma profusão de nomes próprios, de vários sotaques, criando uma babel sonora e visual no ambiente. A platéia será envolvida passando a desempenhar um papel importante na narrativa;

05_ PRAZER EM CONHECER_ O MC que conduzirá a noite é apresentado de forma surpreendente, criando uma conexão em pé de igualdade com a platéia. Está estabelecido um diálogo franco e descontraído que facilitará a absorção de conteúdos. Por todo o processo ele vai amarrar as idéias e explorar com o público os conteúdos a serem apresentados;

06_ SOMOS O QUE SOMOS_ Para ampliar a disponibilidade emocional da platéia, envolvendo-a ainda mais num momento em que ela começa a ter um entendimento maior e sensorial do que seja diversidade, um número musical traz, de forma festiva, a idéia de que não cabemos em rótulos - cada pessoa é um universo inteiro;

07_ PARA ALÉM DO PRECONCEITO_ Neste momento, enfatizamos como o preconceito é um entrave na construção de um futuro melhor e para reforçar esta percepção, temos um primeiro convidado dando seu testemunho através do vídeo: sugestão Mafoane Odara, coordenadora do Instituto Avon;

08_ SONHAR O CAMINHO_ A superação do preconceito e de outros obstáculos pode gerar lindas histórias inspiradoras na medida em que são concretização de sonhos. Nesse momento apresentamos, por exemplo, Ismael Ivo, bailarino e coreógrafo que, vencendo obstáculos gigantescos, criou sua trajetória excepcional - hoje, um dos artistas brasileiros de maior projeção internacional;

09_ MUDAR O CAMINHO_ Temos o desafio de mudar a história da exclusão na sociedade. E a comunidade Bradesco pode ter um papel fundamental nesse processo. Para sublinhar esta necessidade, propomos Rodrigo Hübner Mendes, mestre em gestão da diversidade humana e criador do Portal Diversa, tetraplégico desde que um incidente mudou sua vida;

10_ GÊNERO, NÚMERO E GRAU_ Para dar esses passos rumo a um futuro mais inclusivo, devemos também olhar e reconhecer histórias humanas que fogem do entendimento comum e que são cada vez mais presentes no mundo hoje. Gravitam no universo dos gêneros. Uma das maiores ativistas neste campo é a cartunista Laerte, transgênero, que lê a realidade com humor e em quadrinhos;

11_ SOMOS TODOS IGUAIS_ Nesse ponto, propomos uma experiência de autoconhecimento para a platéia, numa dinâmica que irá conectá-la com a noção de que, mesmo diferentes, somos feitos da mesma matéria. Com o grupo Barbatuques, será uma experiência musical e divertida, preparando a platéia para novos horizontes;

12_ DIVERSOS_ E através da música vamos conhecer uma pessoa ímpar, portador da Síndrome de Down, que se inseriu no mundo como instrumentista, o Dudu do Cavaco, da Fundação Mano Down;

13_ DIVERSIDADE PLANETÁRIA_ A idéia de diversidade humana do ponto de vista cultural, social, étnico, sexual e até neurológico foi apresentada de maneira contundente. Mas o respeito e a atenção urgente também se estende à biodiversidade e ao desequilíbrio ambiental. Somos muitos, todos únicos, mas habitando o mesmo planeta singular. Temos que fazer parte da mudança de paradigmas que viabilizará um futuro digno. Quem pode trazer esse recado é Gisele Bündchen, embaixadora da ONU para a causa ambiental que, em vídeo, traz sua veemência ;

14_ TODOS POR TUDO_ No meio de tantas vozes, de repente em nossa época, surge uma força jovem que, com atitude e coerência, expõe de forma incisiva quão urgente precisamos agir - e ela move o mundo. Telas holográficas se posicionam no palco e Greta Thumberg surge como uma imagem poética e poderosa. Sua fala dá início a um espetáculo audiovisual em que as imagens se multiplicam nas transparências e ficam suspensas no ar. É um manifesto poético dedicado ao planeta, seus biomas, seus seres;

15_ O CHAMADO_ Perceber e acolher a diversidade em todos os seus aspectos é apenas um primeiro passo. O caminho a seguir é somar, aprender com as diferenças, exaltar a beleza que reside na complexidade. Construir o futuro juntos. Nesse momento, uma canção faz todos na sala cantarem juntos para perceber que, sobrepondo vozes e ações, seremos capazes de mover montanhas;

16_ SONHAR JUNTOS_ Esta idéia é tangibilizada através de um momento mágico e hipnotizante: as pedras que estiveram presentes durante todo o evento no palco, de repente, começam a levitar. A mensagem se torna clara: atuar juntos a partir do respeito à diversidade e à sustentabilidade é o caminho que se impõe com proeminência hoje para tornar o futuro possível;

EPÍLOGO_ Ao se despedir da platéia, o MC vai além, ao revisitar as idéias e exemplos que foram explorados durante todo o content show. Esta é também a estratégia do Bradesco para contribuir para o desenvolvimento da sociedade e do País. Este é o próximo passo na evolução do seu negócio. Agora cabe a cada um dos gerentes assumir seu papel nesta transformação rumo ao futuro;

APOTEOSE FINAL_ Para celebrar e nos prepararmos para a jornada do WG2020, uma artista brasileiríssima como Gaby Amarantos vem puxar a animação da platéia e com ela ocupar todo o espaço, agora tomado por imagens, cores e sons - quase um lampejo e uma metáfora do futuro possível que podemos construir somando nossas potencialidades, acolhendo e respeitando a liberdade do outro em ser quem ele é.




FIM DO MOMENTO UNIBRAD




Um coquetel misturando quitutes e bebidas de todas as regiões do País encerra a noite, como um momento de grande confraternização.




︎ LINK PARA ESSE VÍDEO: https://vimeo.com/362039795



© 2018 / 2019 rogeriovelloso + calma creative hub  /  input@calma.art.br  /  são paulo _ brasil

 ︎