10_GÊNERO, NÚMERO E GRAU


Todos somos singulares. Escutamos a voz da Laerte que faz a pergunta: "como as pessoas me veêm?”. Nas telas vemos seus traços desenhando vários esboços de um personagem. Sua voz interfere novamente: - "mas como eu sou realmente?”. A Laerte então surge no vídeo e começa uma conversa bem humorada e divertida sobre aceitação. O espaço é todo tomado por imagens projetadas de seus cartuns. Mesmo divertida, a intervenção da Laerte vai trazer dados nas telas que expõe a real violência contra homossexuais e transgêneros. Seu depoimento e as interferências do MC apontarão caminhos.



© 2018 / 2019 rogeriovelloso + calma creative hub  /  input@calma.art.br  /  são paulo _ brasil

 ︎