07_PARA ALÉM DO PRECONCEITO






No final da música, o MC se dirige à platéia explorando a idéia de “Inclassificáveis”. Não cabemos em rótulos. Somos maiores que isso e o preconceito reduz nosso raio de ação. Isso deve ser combatido em todas as frentes - nos negócios inclusive. E ele então fala de uma pessoa, exemplo de persistência, trabalho e energia e ela surge na tela: Mafoane Odara. Ele comenta ainda o significado de “Mafoane” que, de origem Kimudu (Angola), significa “jóia rara”, e “Odara”, que em Yorubá (Nigéria) significa “bonita". Ele a convida então para uma conversa franca sobre preconceitos,  ilustrada por dados reais que ora ganham as telas de forma elegante e gráfica. Outros conteúdos audiovisuais enriquecem este painel. Tratando os assuntos de maneira leve, Mafoane também falará sobre seu trabalho à frente do Instituto AVON. Ao final, o MC devolve algumas perguntas para a platéia: “como foi sua caminhada até aqui”? Esta mesma pergunta ele fará para o próximo personagem a aparecer nas imagens.


© 2018 / 2019 rogeriovelloso + calma creative hub  /  input@calma.art.br  /  são paulo _ brasil

 ︎